Viajar com Animais

Serviços Consulares

VIAJAR COM ANIMAIS

Vai viajar com o seu animal de companhia? Então preste atenção!

Os cães e gatos que entram em Portugal provenientes de outros estados membros da União Europeia estão sujeitos à apresentação de um passaporte, emitido por um veterinário habilitado pela autoridade competente que, para além da indicação de dados que permitam conhecer o nome e endereço do proprietário:

  • ateste que o animal se encontra identificado mediante um microchip ou uma tatuagem claramente legível (permitida apenas até 3-7-2011);
  • comprove uma vacinação/revacinação antirrábica válida, efetuada quando o animal tinha  pelo menos 3 meses de idade, segundo as recomendações do laboratório de fabrico, com uma vacina inativada de, pelo menos, uma unidade antigénica por dose (norma OMS).

É permitida a entrada em Portugal de cães e gatos até aos 3 meses de idade e ainda sem uma vacinação antirrábica válida:

  • desde que acompanhem a mãe de que ainda dependam, devendo estar a viajar a coberto de um passaporte;
  • no entanto, os animais provenientes da Irlanda, Malta, Suécia e Reino Unido, podem viajar sem ser acompanhados pela mãe, desde que a coberto de um passaporte e tenham permanecido no local de origem desde o nascimento.

Veja aqui as condições sanitárias para a entrada em Portugal com o seu animal de companhia, em proveniência de um estado-membro da União Europeia ou de outros países europeus que aderiram ao uso do passaporte de animal de companhia da União Europeia

Mais informações no portal da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.

Note Bem: Quanto aqui se informa não dispensa a consulta da autoridade competente na matéria, a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, cujas informações prevalecem.

2016 © Consulado Geral de Portugal em Paris
Site desenvolvido por Luis Bernardo